EdT #81 – Era uma vez – Inverno 2022

8,00

Espiral do Tempo 81: vamos falar de inícios e de histórias.
Era uma vez a edição de inverno 2022 da Espiral do Tempo. Um número dedicado às histórias que dão vida ao mundo da criação relojoeira. Na capa, destacámos o Calibre 135-O, uma peça única destinada a leilão que resultou da colaboração Zenith x Voutilainen x Phillips.O inverno está a chegar, assim como o final do ano. É tempo, por isso, de receber em sua casa mais uma edição da Espiral do Tempo. O número 81 já está disponível e com ele vai poder descobrir inúmeras histórias que dão vida ao mundo da criação relojoeira.Esta é assim uma edição dedicada aos inícios e às histórias que fazem com que cada relógio criado se torne ainda mais especial. Na capa, destacámos o Calibre 135-O, uma peça única destinada a leilão que resultou da colaboração Zenith x Voutilainen x Phillips. É precisamente a história desta colaboração que surge em destaque nestas páginas de inverno. Uma história cozinhada nos píncaros por vários protagonistas de topo no mundo da relojoaria e entre um ninho de águia em Val-de-Travers e um sótão em Le Locle.

Também nesta edição vai poder descobrir a manufatura Watchland da Franck Muller, que tivemos igualmente oportunidade de visitar no último trimestre do ano, assim como a manufatura Jaeger-LeCoultre, que visitámos no passado mês de fevereiro.

E porque esta é um número dedicado às histórias, fomos redescobrir o mundo dos relógios que através dos seus mecanismos nos contam as mais curiosas narrativas, reunimos algumas das novidades da Patek Philippe, enquanto relógios incontornáveis também pelo seu ADN, e fomos tentar perceber quais os desafios que estão por trás da criação de uma marca de relógios – os meandros dos primeiros passos, digamos assim.

Por fim, não poderíamos deixar de sublinhar o resultado da nossa mais recente visita ao Porto.

Por um lado, tivemos a oportunidade de entrevistar Ana Aragão, a arquiteta portuguesa reinventada como desenhadora que explora incríveis imaginários urbanos evocativos de narrativas de paisagens impossíveis.

Por outro lado, fomos à descoberta da In-Libris, instalada há seis anos numa velha oficina de encadernação do século XIX, e cujo mentor, Paulo Gaspar Ferreira, está determinado a promover o livro nas suas mais diversas facetas.

Para envios internacionais, entre em contacto connosco através do seguinte endereço de email: espiraldotempo@companyone.pt.

EdT #81 – Era uma vez – Inverno 2022

Categoria

Descrição

Na capa, destacámos o Calibre 135-O, uma peça única destinada a leilão que resultou da colaboração Zenith x Voutilainen x Phillips.O inverno está a chegar, assim como o final do ano. É tempo, por isso, de receber em sua casa mais uma edição da Espiral do Tempo. O número 81 já está disponível e com ele vai poder descobrir inúmeras histórias que dão vida ao mundo da criação relojoeira.Esta é assim uma edição dedicada aos inícios e às histórias que fazem com que cada relógio criado se torne ainda mais especial. Na capa, destacámos o Calibre 135-O, uma peça única destinada a leilão que resultou da colaboração Zenith x Voutilainen x Phillips. É precisamente a história desta colaboração que surge em destaque nestas páginas de inverno. Uma história cozinhada nos píncaros por vários protagonistas de topo no mundo da relojoaria e entre um ninho de águia em Val-de-Travers e um sótão em Le Locle.

Também nesta edição vai poder descobrir a manufatura Watchland da Franck Muller, que tivemos igualmente oportunidade de visitar no último trimestre do ano, assim como a manufatura Jaeger-LeCoultre, que visitámos no passado mês de fevereiro.

E porque esta é um número dedicado às histórias, fomos redescobrir o mundo dos relógios que através dos seus mecanismos nos contam as mais curiosas narrativas, reunimos algumas das novidades da Patek Philippe, enquanto relógios incontornáveis também pelo seu ADN, e fomos tentar perceber quais os desafios que estão por trás da criação de uma marca de relógios – os meandros dos primeiros passos, digamos assim.

Por fim, não poderíamos deixar de sublinhar o resultado da nossa mais recente visita ao Porto.

Por um lado, tivemos a oportunidade de entrevistar Ana Aragão, a arquiteta portuguesa reinventada como desenhadora que explora incríveis imaginários urbanos evocativos de narrativas de paisagens impossíveis.

Por outro lado, fomos à descoberta da In-Libris, instalada há seis anos numa velha oficina de encadernação do século XIX, e cujo mentor, Paulo Gaspar Ferreira, está determinado a promover o livro nas suas mais diversas facetas.

Para envios internacionais, entre em contacto connosco através do seguinte endereço de email: espiraldotempo@companyone.pt.

Títulos de capa

ZENITH X KARI VOUTILA
Elevação histórica

GRANDE ENTREVISTA
Ana Aragão

JAEGER-LECOULTRE
Manufatura de maravilhas

CRONÓGRAFOS
Incontornáveis

Detalhe do produto

128 páginas
23×29,7cm
Capa, impressa a 4/4 cores + verniz água neutro geral no interior e plasticizada mate anti-risco no exterior, sobre papel couché semi-mate de 300 grs.
Interior de 128 páginas, impressas a 4 cores + verniz água neutro geral, em papel couché mate volume de 115 grs
Miolo cosido a fio e brochado à capa

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “EdT #81 – Era uma vez – Inverno 2022”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba a Espiral do Tempo em sua casa.